quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Crítica Joía Rara.


Quando vi as chamadas dessa novela, logo pensei, Finalmente o Timotio conseguiu ficar com a Assuncena. Apesar da imagem da novela ser a mesma, os atores também, não é a mesma novela.


Apesar de ter um apelo visual muito escuro, que quase não dá pra ver os personagens quando as cenas se passam a noite, é um visual bonito. Super interligado aos anos 30/40.
Os defeitos dela são: o tempo demora muito para correr, cenas divulgadas nas chamadas que são lá do meio da novela.
Bianca Bin parece ter as costas quentes na Globo, talento não é o forte da menina, mas que também não é tão ruim, mas há atrizes muito melhores que a moça que tem cara de sonsa, sempre.
Mariana Ximenes como coadjuvante é quase uma ofensa ao talento dessa mulher.Uma atriz do gabarito dela tem muito mais potencial do que fazer uma dançarina de cabaré uma novela das 6. Segue o mesmo comentário para Tiago Lacerda, Angelo Antonio, Nelson Xavier, e cia.
Natalia Dill apesar de ser uma ótima atriz já está com a imagem desgastada, tomara que ela se supere assim como fez em malhação, no qual levou a temporada nas costas, pela falta de carisma e presença dos protagonistas.
A novela está cheia de atores gabaritados da globo, sendo coadjuvantes ou nem isso. Parece que ela quer por todos pra trabalhar, de um jeito ou de outro.
Os unicos acertos até agora, foram Bruno Gagliaso como protagonista, Carolina Dickman como coitadinha e Domingos Montagner como comunista.




3 comentários:

  1. A novela é boa, mais eu não soporto ver de novo a Tânia Khallil atras de Domingos Montagner, inclusive os dialogos são os mesmo de Ayla e Zyah em Salve Jorge, não acho a necesidade de repetir uma historia dese tipo, além de que a quimica entre eles é mas tipo irmãos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade,acho que é falta de criatividade, de autores novos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...